12.2.14

my second and third essie.



Foi há coisa de um ano e meio ou coisa parecida que me apaixonei pela Essie. Aquele arco íris de cores intermináveis que mais parecem saídas da nossa imaginação bastou para lhe declarar amor eterno. Como sou uma preguiçosa para pintar as unhas, prometi-me só voltar a comprar vernizes quando os milhares de cá de casa terminassem. 

Meu dito, meu feito…


Como estava a precisar de um top coat decente, lá me dirigi a um balcão da essie para ser aconselhada. Depois de uma breve descrição de todos os possíveis top coats da marca, decidi-me pelo No Chips Ahead, uma vez que eu sou a miúda que uma hora após ter pintado as unhas, já saltou qualquer coisita. 
Posso dizer que já bati o record de tempo com as unhas pintadas com a mesma cor: 6 dias. Yup. Estou rendida e vou colocar o bendito do top coat num pedestal. That's for sure. 

Quanto ás cores… 


Optei por cores pacíficas e leves: Not just a pretty face e o Chinchilly. Um rosa pálido, para aquele look nude que tanto gosto e um cizento granito para dar um ar de si, sem comprometer nada nem ninguém. 

A questão será sempre a mesma: qual será a próxima cor?


______

E qualquer dúvida é só dizer, sim? 
Feel free to say anything.

contacto@marguerite-petite.com


22.1.14

oh so favorites.


Hoje falamos de alguns favoritos dos últimos tempos...



_____



1. Kiehl's Epidermal Re-Texturizing Micro-Dermabrasion 

Nome fancy que nem ele. Muito sinteticamente, é um exfoliante mais potente que qualquer outro. O conselheiro disse-me que tem a capacidade de retirar a camada mais superficial que temos na pele, levando com ele toda a poluição, vestígios de maquilhagem e peles mortas (há promessa melhor que esta?). Na realidade, é um produto que é preciso ter um certo cuidado a lidar com ele. Ao aplicar, eu faço um esquema mental do meu rosto, onde sei que não devo passar mais que duas vezes no mesmo local. As mini-particulas são conchas micronizadas que, não vou mentir, parecem pequenas lâminas na pele. Parte de vocês a força que exercem sobre a pele para o grau de exfoliação que pretendem. Resultado? Uma vez a cada quinze dias, faz milagres na pele. Os poros minimizam, o tom da pele uniformiza e é perfeito para fazer antes das máscaras de hidratação. 

...E por falar em máscaras de hidratação… 




2. Clinique Moisture Surge

O aliado dos tempos gélidos. É um gel-creme oil free que pode ser utilizado como hidratante ou como máscara em peles desidratadas. Gosto mais dele uma a duas vezes por semana, ao fim do dia, durante 15 minutos em modo zen. Deixa a pele bem mais confortável e sem o aspecto terrível que pele desidratada tem, principalmente maquilhada. E uma propriedade que eu adoro neste produto, é que pode ser colocado por cima da maquilhagem. Para quem sofre com o ar condicionado, em leves toques sobre toda a face e sentimos um up! instantâneo. 

_____




3. Kérastase Masque Force Architecte


Para quem tem os cabelos mais frágeis e precisa de um boost now and then, esta é a máscara para vocês. Quando a trouxe para casa, tive receio que fosse demasiado rica para o meu cabelo fino, mas não. Aplico-a uma vez por semana e as diferenças notam-se. Os fios ficam visivelmente mais saudáveis e maleáveis. O cabelo fica leve, com brilho acetinado e arrisco-me a dizer que, usada com o shampoo a longo prazo, promove o crescimento do cabelo. Isto tudo, para não referir o cheiro maravilhoso a maçã que deixa! 

_____


E qualquer dúvida é só dizer, sim? 
Feel free to say anything.

contacto@marguerite-petite.com
_

nails: essie - luxedo
jumper - mango

17.1.14

and i can tell you that...



Este mundo não foi esquecido. A sério que não. Há falta de tempo e de luz. 

Quero só e apenas, desejar-vos um 2014 perfeito.
 Que seja quente, ambicioso e feliz.







 



 Eu gosto de chuva, mas quero a Primavera de volta. 

_____

Sempre vossa,

M


14.11.13

bless this mother*cker.

_____

Quem é que ainda não ouviu falar deste frasquinho? 




Foi há coisa de meio ano que encaixei este mini frasquinho na minha rotina diária. Aplicado religiosamente à noite durante uns largos 6 meses, posso agora falar 'a sério' dele. 

Primeiro, deixem-me falar das razões que me levaram a perder a cabeça e trazê-lo para casa: a tez macilenta, desidratada, manchada e cansada de tanta maquilhagem e ar condicionado. Sentia que o hidratante já nem fazia efeito. A maquilhagem irritava-me a pele. Precisava mesmo de um boost que fosse prático e cumprisse com a promessa.  

E, se realmente já ouviram falar do ANR, devem ter ouvido expressões como: 'Ao fim de uma noite já senti a diferença'; 'Acordei com a pele completamente diferente'; 'É um milagre da noite para o dia'. 

Let's get real:é verdade! Agora, a minha versão dos factos - ao fim de uma semana de uso, conseguimos sentir a pele completamente reestruturada; o tom de pele mais uniforme, as 'medalhas' de pele desidratada sumiram, a sensação repulpada da pele. Uma vez que o nível de hidratação da pele é regulado devido ao ácido hialurónico, as linhas desaparecem e ficamos com aquela sensação de pele aveludada e fofa de bebé. A maquilhagem 'segura-se' melhor e a pele mostra-se mais resistente. 


Ao fim de meio ano, a minha pele mudou. Devagar, devagarinho… As marcas da acne rapidamente cicatrizaram e sinto que o creme hidratante cumpre muito melhor o seu trabalho. 

E deixem-me dar-vos uma dica: basta a dose da pipeta. A sério, nem mais nem menos. Aproveitem na hora da aplicação e estimulem a micro-circulação exercendo força com as pontas dos dedos em leves e rápidas pancadas. E não se esqueçam: apliquem sempre hidratante a seguir! 

(Alerta às peles mistas a oleosas: não tenham medo. Eu tive receio que a fórmula fosse demasiado rica ou nutritiva para a minha pele, mas não. É um mimo que ela merece).


Ao fim de dois frasquinhos posso dizer: bless this motherf*ucker. 

_____

 


*dúvidas ou questões, não hesitem. É um produto que precisa de boas razões para ser comprado.